Soldagem de manutenção: processos utilizados

Atualizado: Mar 2


Realizar manutenção de peças através da Soldagem requer conhecimento técnico por parte dos profissionais de soldagem, já que existe um tipo de solda ideal para cada tipo de reparo. Os técnicos e soldadores de manutenção, precisam estar sempre atentos e atualizados para poder escolher a soldagem, os equipamentos e acessórios corretos para cada aplicação. A seguir, conheça alguns dos processos de soldagem mais utilizados, e suas aplicações, para entender melhor como funciona cada tipo de manutenção.



Processos

Na última década, a utilização do processo de soldagem MIG/MAG cresceu e muito, por conta do desenvolvimento de arames sólidos e tubulares que modificam a metalurgia do depósito, melhorando os aspectos de proteção do revestimento, com mais velocidade de reposição.


Além do MIG/MAG outro tipo de solda importante para a manutenção é o conjunto oxiacetilênico, que é muito utilizado para realizar manutenções industriais em soldagem de diversos materiais através do processo de brasagem. Uma evolução deste processo é o sistema Gás Flux que entrega soldas limpas com maior qualidade de acabamento.


Já o sistema de Metalização usa materiais metálicos e cerâmicos em pó, ou arames para a fusão e aplicação em superfícies preparadas. A Metalização é muito versátil e por isso, muito utilizada nos setores de manutenção, revestindo peças cilíndricas e planas com baixa transferência térmica.


Hoje em dia, o uso do sistema de corte plasma de ar comprimido, nos setores de manutenção, é o mais indicado por conta de sua versatilidade no corte dos diversos metais.


Saiba tudo sobre o material a ser recuperado pelo processo de soldagem

Para aplicar o processo de soldagem correto é preciso reconhecer o material das peças que serão recuperadas, só assim será possível aplicar a liga ideal. As diversas ligas metálicas aplicadas na prevenção e recuperação de partes e peças são desenvolvidas através da metalurgia dos metais. A matéria-prima encontrada na natureza é constituída por várias composições químicas e mecânicas, que podem ou não serem utilizadas em determinados tipos de manutenções.



Identificando Metais

Para que seja possível realizar a manutenção, existem alguns processos que ajudam na identificação dos metais. Os mais utilizados por profissionais de soldagem são aparência, testes de faiscamento ou de laboratórios (que determinam sua dureza), composição química e Estrutura metalográfica.


A identificação visual oferece informações primárias à respeito do tipo do metal, sendo possível assim identificar os aços ou a oxidação que poderá escolher os diferentes tipos de materiais a serem utilizados. Visualizar o tipo, o comprimento, a quantidade e a cor da faísca desprendida da peça esmerilhada também ajuda na identificação de grande parte dos metais.


Desgastes

Os desastres em metais, podem ser classificados como:

  • Abrasão

  • Corrosão

  • Cavitação

  • Erosão

  • Fricção

  • Impacto

De acordo com o metal base do tipo de desgaste, é possível selecionar o processo e o material corretos para cada aplicação, a fim de realizar um trabalho perfeito que não implique em possíveis problemas posteriores.


Originalmente publicado em https://www.alugaasolda.com.br/soldagem-de-manutencao-processos-utilizados/

8 visualizações

CONTATO

ATENDIMENTO AO CLIENTE:

(11) 9 7693-3154 
sitedosoldador@gmail.com

  • WhatsApp
  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

© 2020 por Aotai Brasil