top of page

O tratamento térmico na soldagem

O tratamento térmico na soldagem é essencial para aquecer e resfriar o metal controladamente, melhorando suas propriedades e características para melhor aproveitamento e desempenho da peça durante o trabalho. Este processo é utilizado para a fabricação, manutenção e recuperação de peças.


Os cinco fatores que influenciam as mudanças nas propriedades do material são:

  • Temperatura de aquecimento e resfriamento

  • Tempo de permanência em temperaturas

  • Velocidade de aquecimento e resfriamento

  • Composição química do material

  • Atmosfera do recinto


Os tipos de tratamentos térmicos são:

  • Recozimento

  • Normalização

  • Revenimento


O recozimento consiste em aquecer o metal a uma temperatura de patamar, para homogeneizar a microestrutura da peça ajustando o tamanho dos grãos, seguido de um resfriamento lento.


A normalização consiste em aquecer a peça a uma temperatura acima da austenitização, para homogeneizar e refinar o grão da microestrutura, seguida de resfriamento lento.


O revenimento consiste no aquecimento das peças após a têmpera, para diminuir a dureza excessiva e aliviar as tensões internas provocadas pela têmpera, seguido de resfriamento controlado.


Esses tratamentos térmicos são aplicados em diversas peças, como molas de suspensão, tubulações, vasos de pressão, peças de navios, instrumentos cirúrgicos, entre outras, para melhorar suas propriedades metalomecânicas.




Fonte: https://alusolda.com.br/o-que-e-tratamento-termico-na-soldagem/

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page