Defeitos mais comuns na solda tig e soluções



O processo de Soldagem TIG é bastante eficiente, desde que aplicado corretamente as variáveis do processo: O material de adição, as técnicas de soldagem a utilização correta dos gases de proteção e não menos importante, a técnica de manipulação, que envolve a experiência do soldador e/ou automatização do processo. Porém, defeitos de solda podem ocorrer por práticas inadequadas na soldagem, vejamos a seguir os defeitos, as causas e as soluções mais comuns neste processo.

DEFEITO: CONSUMO EXCESSIVO DE ELETRODO DE TUGSTÉNIO

Causa 1: Gás de proteção insuficiente.

Solução 1: Limpar o bocal da tocha.

Verificar se há vazamentos nas mangueiras.Diminuir distância entre o bocal e a peça.Aumentar a vazão do gás argônio.

Causa 2: Soldagem em polaridade inversa.


Solução 2: Corrigir polaridade. (Colocar Tocha Tig no negativo).

Causa 3: Diâmetro inadequado do eletrodo de tungstênio em relação à corrente necessária ao trabalho.

Solução 3: Usar eletrodo de tungstênio com diâmetro maior.

Causa 4: Eletrodo de Tungstênio contaminado.


Solução 4: Eliminar a contaminação por meio de esmerilhamento da ponta do eletrodo de tungstênio.


Causa 5: Oxidação do eletrodo de tungstênio durante o resfriamento.


Solução 5: Manter o gás argônio fluindo após a extinção do arco por pelo menos 10 segundos.


DEFEITO: ARCO ERRÁTICO


Causa 1: Presença de óxidos ou agentes contaminadores na superfície do metal de base.


Solução 1: Limpar a superfície do metal de base.


Causa 2: Ângulo do chanfro da junta estreito demais.


Solução 2: Corrigir ângulo.


Causa 3: Eletrodo de tungstênio contaminado.


Solução 3: Limpar eletrodo de tungstênio.


Causa 4: Diâmetro do eletrodo de tungstênio grande demais para a intensidade de corrente usada.


Solução 4: Utilizar o eletrodo de tungstênio no tamanho adequado, ou seja, o menor possível para a corrente necessária.


Causa 5: Arco muito longo.


Solução 5: Aproxime mais o eletrodo de tungstênio.


DEFEITO: POROSIDADE


Causa 1: Impurezas na linha de gás.


Solução 1: Purgar o ar de todas as linhas antes de abrir o arco.


Causa 2: Mangueiras de água e gás trocadas.


Solução 2: Usar somente mangueiras novas. (Usar mangueiras somente que foram utilizadas com argônio).

Causa 3: Superfície do metal de base e / ou do metal de adição contaminada. (Com umidade, fora da embalagem, etc.)


Solução 3: Fazer limpeza.


Causa 4: Vazão do gás argônio inadequada.


Solução 4: Corrigir vazão do gás argônio.


Causa 5: Arco muito longo.


Solução 5: Corrigir comprimento do arco.


DEFEITO: CORDÃO DE SOLDA OXIDADO


Causa 1: Proteção insuficiente do gás argônio.


Solução 1: Verificar taxa de vazão do gás argônio e o tamanho do arco. Corrigir a posição da tocha e centralizar os eletrodos de tungstênio no bocal de gás.


Causa 2: Metal de base ou de adição sujo.


Solução 2: Limpar a superfície do material de base e dos materiais de adição.


DEFEITO: CORDÃO DE SOLDA MUITO LARGO


Causa 1: Arco muito longo.


Solução 1: Corrigir o tamanho do arco e a posição da tocha.


Causa 2: Velocidade de soldagem muito baixa para a corrente usada.


Solução 2: Verificar e alterar corrente e / ou velocidade de soldagem.


Esperamos que com este guia de causas, defeitos e soluções na soldagem TIG, tenhamos contribuído para que o próprio operador seja capaz de resolver alguns problemas simples sem custos e perca de tempo na solução dos mesmos.

12 visualizações

CONTATO

ATENDIMENTO AO CLIENTE:

(11) 9 7693-3154 
sitedosoldador@gmail.com

  • WhatsApp
  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

© 2020 por Aotai Brasil